Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Couro e Cabelo

Luta contra a alopécia: partilha de experiências e informações.

Couro e Cabelo

Luta contra a alopécia: partilha de experiências e informações.

Lavar cabelo: água


No dia Mundial da Água o tema não podia ser outro...

 

No duche ou não, lavar o cabelo é natural e fazemos sem pensar muito como o fazemos. No entanto, devemos ter alguns cuidados no processo de lavar o couro cabeludo e cabelo, conforme já foi abordado numa publicação anterior (Lavar o cabelo: saiba como...).


E a água?
A água que usamos para enxaguar o couro cabeludo e cabelo tem como função ajudar o champô a fazer espuma e espalhar-se no couro cabeludo. É água que ajuda a dissolver a sujidade, poeiras e excesso de oleosidade que se acumulam no couro cabeludo e cabelos.
 
Em algumas condições a água pode prejudicar a saúde e beleza do couro cabeludo e cabelo. 
 

A temperatura da água por exemplo: se estiver muito quente causa irritação e até lesões no couro cabeludo e abre a cutícula capilar; se estiver muito fria não consegue dissolver os óleos que se encontram em estado ceroso (semi-sólido) dificultando ou mesmo impossibilitando a limpeza do couro cabeludo e cabelo.

 

A composição da água é outro exemplo: alguns componentes químicos existentes em algumas águas interferem na saúde e beleza dos cabelos como é o caso do calcário, cloro entre outros minerais. Alguns destes minerais, como é o caso do cálcio e o magnésio, reagem com os surfactantes causando resíduos que podem formar uma camada escamosa sobre o couro cabeludo e cabelos, obstruindo os poros deixando o cabelo ressequido; ou o cloro que reage com algumas colorações e madeixas.

Fonte: Mundo da Educação - Água Dura


Para evitar resultados desastrosos no que toca à beleza do seu cabelo ou lesões no couro cabeludo, deve ter atenção à qualidade da água que usa para limpar o couro cabeludo e cabelo:
 
O ideal é iniciar a lavagem com a temperatura da água próxima da temperatura do corpo (aproximadamente 38ºC não ultrapassando os 40ºC) por forma a facilitar a remoção dos óleos, poeiras e outras partículas de sujidade e finalizar o enxaguamento com água um pouco mais fria para ajudar a fechar a cutícula capilar.
 

Se a água da sua casa for muito mineralizada (água muito dura) pode terminar o enxaguamento dos cabelos com água engarrafada ou, adicionar anti-calcário natural como o sumo de limão ou, adquirir um chuveiro com filtro de calcário.

Lavar o cabelo: saiba como...

Sabes lavar o cabelo.png

 

Como todos sabemos tudo o que comemos vai influenciar a saúde do nosso cabelo e a falta de nutrientes na alimentação irá danificar aparte interna do cabelo. E todos os produtos capilares que colocamos no nosso cabelo vai influenciar a saúde do nosso cabelo e o uso inadequado de produtos capilares irá danificar a parte externa do fio.

 
Quando penso em produtos capilares, o que me vem logo à mente é o champô. É mesmo por aqui que quero começar pois, no meu caso, foi o primeiro (e principal) erro que cometi durante anos.
 
Todos lavamos o cabelo com champô... aquele champô que,quase instintivamente, compramos por influencia de muita publicidade, que promete cabelos mais fortes, brilhantes, sedosos, ... Mas... Será que estamos a usar corretamente o champô? Será que estamos a escolher corretamente o champô? 
 
O champô tem como função a limpeza do couro cabeludo e cabelos, e não são todos iguais e é preciso ter cuidado na hora de escolher o produto ideal para cuidar dos seus cabelos e nem sempre os champôs mais caros são os melhores e nem os melhores são mais caros. Muito além da marca e da origem dos produtos, é fundamental conhecer sua composição e saber se ele é realmente o mais indicado para o seu couro cabeludo.
 
Sim, isso mesmo, devemos escolher o champô de acordo com as características do couro cabeludo: oleoso, seco, sensível, com caspa, …
 

 

Assim, para lavar, corretamente, o couro cabeludo devemos:

  1. Utilizar água tépida;
  2. Colocar uma pequena quantidade de champô na mão, espalhar nas 2 mãos e posteriormente aplicar no couro cabeludo já húmido, massajando coma ponta dos dedos, nunca com as unhas;
  3. Enxaguar bem sem deixar resíduos;
  4. Repetir o processo se desejar uma limpeza mais profunda;
  5. Utilizar uma toalha para retirar o excesso de água: basta apertar a toalha contra os fios com cuidado;
  6. Aplicar condicionador somente no comprimento, nunca na raiz: fazer movimentos de cima para baixo, espalhando o produto e deixar atuar durante o tempo indicado pelo fabricante do produto;
  7. Enxaguar bem sem deixar nenhum resíduo;
  8. Utilizar uma toalha para retirar o excesso de água: basta apertar a toalha contra os fios com cuidado.

 

 
 
Escolher o champô:
 

wind-3516697_1920-1.jpgpH: o champô deve ter um pH de 4.5 a 5.5,pois os fios de cabelo possuem teor alcalino, por isso o champô ácido irá neutralizar o cabelo;
Aroma: o champô deve ser não perfumado, pois um champô com aroma forte contém álcool, que resseca o cabelo;
Cor: o champô transparente é melhor do que o translúcido ou leitoso, porque o transparente retira todas as impurezas,enquanto que o leitoso só trata os fios de cabelo;
Textura: o champô deve ser suave, ser pouco espesso, pois champô muito espesso possui sal (cloreto de sódio ou Sodium chloride) que deixa o cabelo desidratado e seco.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siguir-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D